Salvador, 30 de September de 2020
Acesse aqui:                
Banner
facebookorkuttwitteremail
Erro
  • Your server has Suhosin loaded. Please follow this tutorial.
Manifesto Frente Ampla é feito para incluir Huck e calar a esquerda. Por Luis Felipe Miguel
Ajustar fonte Aumentar Smaller Font
Cidadania
Seg, 01 de Junho de 2020 01:27
Luis_Felipe_MiguelO curioso, nesses manifestos de Frente Ampla, é que, quando eles saem das abstrações banais sobre democracia, desenvolvimento e justiça, sempre caem no discurso conservador – "lei e ordem", "responsabilidade na economia" e, claro, "unir a pátria" num "projeto comum" que dissolve as diferenças entre dominadores e dominados.

O preço que a esquerda paga para que a direita "civilizada" faça frente comum contra o fascismo tem que ser abrir mão de seu discurso?

O desespero com a situação pode levar para esse caminho, mas a experiência mostra que ele se revela um péssimo negócio a médio prazo – na verdade, nem médio, já no "um pouquinho menos curto prazo".

O manifesto do tal "Juntos" não é capaz sequer de dizer com todas as letras o único ponto que deveria ser destacado: que o objetivo é retirar Bolsonaro do cargo. Pelo que li, foi para ampliar ainda mais o rol de assinaturas e incluir gente como Luciano Huck, que ainda não se sente à vontade para bater de frente com o presidente que ajudou a eleger.

Com algum esforço, o manifesto pode ser lido como um apelo para que ele "tome jeito" e faça um governo mais republicano...

Ao fazer com que lideranças da esquerda abram mão do próprio discurso, um manifesto como o que foi divulgado ontem reforça a posição da ideologia dominante como chão comum e fronteira final da disputa política. Reduz nossos horizontes e enfraquece a exigência de uma transformação social profunda.

Para quem sabe que Bolsonaro é fruto do golpe de 2016, derrubá-lo tem que ser entendido não como meta final, mas como passo necessário na luta pelo desfazimento do golpe, a fim de reabrir caminhos para a luta popular e para a construção de um Brasil menos injusto e menos violento.

Luis Felipe Miguel é cientista político. 

Compartilhe:

Última atualização em Seg, 01 de Junho de 2020 01:35
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

O MELHOR DO ALDEIA NAGÔ NO SEU EMAIL

CADASTRE-SE EM NOSSO NEWSLETTER:

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 24.02.2020.414Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 4. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.347Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 3. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.121Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 2. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.035Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 1. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.220Mudança, Magary, Motumbá. C. Grande. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.123Didá & Respeita as Minas. Campo Grande. 24 Fev 2020

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS

GALERIAS DE ARTE

Mais galerias de arte...

HUMOR

  • A Justiça brasileira_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?