Salvador, 20 de January de 2020
Acesse aqui:                
facebookorkuttwitteremail
Erro
  • Your server has Suhosin loaded. Please follow this tutorial.
Decadência continuada. Por Claudio Guedes
Ajustar fonte Aumentar Smaller Font
Seg, 09 de Dezembro de 2019 01:00

Claudio_GuedesFHC, o ex-príncipe dos sociólogos e ex-presidente da República que cometeu a suprema infâmia contra a democracia e a Constituição ao comprar a emenda que lhe permitiu disputar a reeleição, ao deixar o palácio do Alvorada se instalou entre o burgo paulistano de Higienópolis e o apartamento de amigos em Paris, na aristocrática Av. Foch (as boas línguas dizem que o apê é dele). Em São Paulo, passou a morar no belo apartamento que comprou do banqueiro Edmundo Safdié, dono do então Banco Cidade.

No conforto, com boas aposentadorias e uma lucrativa atividade como palestrante, poderia ir se afastando da vida política com alguma dignidade.

Não o fez.

Líder intelectual do PSDB, viu seu partido experimentar o ostracismo e a decadência após apoiar a farsa do impeachment de uma presidente eleita democraticamente e ter seus principais líderes tragados por denúncias de corrupção. Estes, apesar da proteção judicial que gozam, foram varridos do palco da grande política (Aécio Neves, José Serra e Aloysio Nunes, entre outros).

FHC virou uma boca maldita.

Nada, ou quase nada, se aproveita das suas reflexões e pensamentos contemporâneos.

Na quarta passada, 04/12, declarou no seu Twitter que Eduardo Leite, governador do RGS, Luciano Huck, animador de programas televisivos populares da Rede Globo e João Doria, governador de SP, expressam “o reformismo e a moderação do Centro Progressista”.

Huck e o reformismo? Bom, só se ele estiver se referindo ao quadro Lar Doce Lar, do Caldeirão do Huck, que faz reformas fakes, cenográficas, em casas de pessoas de classe média como atração televisa demagógica. Ganha uma viagem grátis à Bahia quem apontar uma, uma só, ideia reformista de Huck sobre a política. Qualquer uma.

Doria e a moderação? Bom, só se moderação é sinônimo de uma política de Segurança Pública que mata jovens negros e/ou pobres e aterroriza os bairros populares da região metropolitana de São Paulo. Para o prof. Cardoso, nove cadáveres de jovens que estavam se divertindo deve ser um bom exemplo de moderação.

E o gaúcho Leite? Pesquisa do Instituto Methodus, feita em Porto Alegre, publicada pelo Correio do Povo, em 09/10, sobre a gestão estadual, apontava que 47% a consideravam péssima ou ruim; 39% avaliaram como regular. Para 14%, o governo foi considerado ótimo e bom. O governo de Leite foi reprovado por 63%, e aprovado por 37%.

São os quadros de FHC do autodenominado Centro Progressista. Dois vivaldinos de marca maior e um gaúcho que, com se diz aqui na Bahia, “não fede, nem cheira”.

Aliás, o que significa Centro Progressista? Um grupo de políticos que flerta com Bolsonaro, que não possui projeto de nação e que se notabiliza pela mediocridade? É isso?

A decadência de Fernando Henrique como liderança política será, em breve, assunto fecundo para teses acadêmicas. Já não pertence ao universo de interesse da política propriamente dita.

Claudio Guedes é empresário

Compartilhe:

 

O MELHOR DO ALDEIA NAGÔ NO SEU EMAIL

CADASTRE-SE EM NOSSO NEWSLETTER:

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 30.11.19.012-15ª Marcha do Emp Crespo 30 Nov por Alberto Lima
  • 01.12.19.015Caminhada Samba. 01.Dez. Por Edgar de Souza
  • 10.11.19.065Festival Radioca.10 Nov, Por Rafael Passos
  • 28.09.19.026Rock Rural Janah e Raul. Casarão. 28 Set 2019
  • 06.03.19.002Patuskada para Exu Bouzanfrain. 06 Mar 2019
  • 05.03.19.175Carnaval no Pelô. Alb 2. 05 Mar 2019

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS

HUMOR

  • Aves de Rapina_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?