Salvador, 05 de March de 2021
Acesse aqui:                
Banner
facebookorkuttwitteremail
Erro
  • Your server has Suhosin loaded. Please follow this tutorial.
Aprendiz. Por Zuggi Almeida
Ajustar fonte Aumentar Smaller Font
Ter, 12 de Janeiro de 2021 06:03

Zuggi_AlmeidaA vida é feita de tropeços, acertos, quedas e avanços. A vida é  busca continua pelo conhecimento até adquirir a sabedoria almejada; essa fruto do aprendizado. Com  meu pai aprendi sobre o valor da honestidade e da integridade. Com  minha mãe aprendi sobre a importância do respeito aos mais velhos. A minha mãe possuía um comportamento bem interessante relacionado com a religiosidade. Dona Alice era uma fervorosa devota de Nossa Senhora das Graças, e mantinha como amigas  próximas diversas senhoras que eram  ialorixás. Eu cresci no bairro da Liberdade onde os terreiros de candomblé eram em números maiores que as igrejas e templos protestantes.

Com minha mãe aprendi sobre respeito à diversidade religiosa.

O meu  pai era um militar amigo do mestre de capoeira, do açougueiro, do sapateiro, dos bambas do samba e adorava fazer farras, no entanto, inflexível quando o assunto era a disciplina e  cumprir as responsabilidades assumidas
O meu pai conseguia  ser duro, sem perder a ternura jamais, isso sem beber no mesmo cálice de Che Guevara.

Aprendi com o velho Abel sobre a importância da amizade.

O legado do conhecimento sobre as coisas que recebi dos meus professores e professoras ( essas eram a maioria!), é o maior patrimônio que possuo nos dias atuais. Fui um aprendiz atento e disciplinado que orientado pelos meus pais sempre respeitei mestres e a importância deles na formação do meu futuro. Hoje, ao ultrapassar seis décadas de vida sou um aprendiz constante e elegendo meus mestres. Um deles é  Seu Gilberto.

Sim, falo de Gilberto Gil, um arquiteto dos versos e carpinteiro dos afetos. O griot no sentido afro da palavra e da importância da sabedoria dos mais velhos, vejam então:

" As coisas no mundo não estão nada simples. A complexidade é imensa. Aqui ou em qualquer lugar. O futuro ficou urgente. Aos 78 anos de idade, o futuro ficou muito próximo, porque muita coisa já virou passado na minha vida.

Então o presente é esse inqualificável, o presente é aqui e agora, é imediato e não há o que dizer. Ele é a gente, é esse dado vital, o vitalismo profundo. Já o futuro é a projeção, o desenrolar e aí, aos 78 anos de idade, o futuro fica logo ali, daqui a pouco.

Além disso, fica em aberto, não é mais aquilo que você almeja, que você quer e constrói. Para mim não é mais construir o futuro. Só há agora me deslocar no presente para o encontro permanente com o futuro. O futuro é permanência para mim agora. É só vida, a vida é o presente. - Gilberto Gil "

Com Seu Gilberto aprendi sobre a importância e a função do tempo.

Continuo sendo um aprendiz.

- Zuggi Almeida é baiano, escritor e roteirista.

Compartilhe:

 

O MELHOR DO ALDEIA NAGÔ NO SEU EMAIL

CADASTRE-SE EM NOSSO NEWSLETTER:

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 24.02.2020.419Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 4. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.266Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 3. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.147Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 2. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.096Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 1. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.224Mudança, Magary, Motumbá. C. Grande. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.059Didá & Respeita as Minas. Campo Grande. 24 Fev 2020

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS

GALERIAS DE ARTE

HUMOR

  • Vai prá Cuba_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?