Salvador, 23 de novembro de 2017
Acesse aqui:                
Banner
facebookorkuttwitteremail
Seminário celebra memória e legado do pensador brasileiro mais reconhecido pelo mundo
Ajustar fonte Aumentar Smaller Font
Qua, 06 de Setembro de 2017 18:58

LadislauDowborNo dia 19 de setembro de 1921, nascia em Recife Paulo Freire, o mais célebre educador brasileiro e um dos pensadores do século XX mais influentes no mundo. Em reconhecimento a essa personalidade e a forma como marca não apenas o pensamento sobre Educação, mas o próprio modo de pensar a sociedade, o Instituto Chapada de Educação e Pesquisa (ICEP) e a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), unidos no Movimento Obrigado Paulo Freire, realizam no dia 19 de setembro de 2017 o I Seminário Obrigado Paulo Freire, em Salvador. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pela internet, por meio da páginawww.obrigadopaulofreire.wordpress.com.

O evento, que conta com apoio financeiro da Brazil Foundation, marca o aniversário de 96 anos de nascimento do educador e foi escolhido como ponto de partida para uma série de ações que pretendem celebrar o centenário desse pensador, que é o intelectual brasileiro mais citado no planeta. Sua programação acontece ao longo do dia, das 9h às 17h, no auditório da Fundação 2 de Julho, no bairro do Garcia. A proposta é reconhecer as contribuições de Paulo Freire às diversas áreas do conhecimento, bem como no dia a dia de trabalho das mais diversas profissões, por meio de valores como Solidariedade e Esperança.

A grade do Seminário contempla duas mesas sobre a atualidade do pensamento de Freire e a forma como ele influencia pessoas, profissionais, governos e instituições; um bate papo com o economista Ladislau Dowbor, que foi um dos seguidores mais próximos ao Educador, tendo sido ainda seu genro; quatro oficinas de processos construtivos a partir do pensamento freiriano, com mostra de resultados; intervenções artísticas; e ainda um espaço paralelo – que vai funcionar no histórico Solar do Conde dos Arcos – batizado de Espaço do Sensível Paulo Freire, com exposição alusiva ao universo do educador e a possibilidade dos visitantes gravarem depoimentos. Na ocasião, também será lançado o novo livro do professor Dowbor, intitulado “A Era do Capital Improdutivo”, com sessão de autógrafos.

“Muito além da merecida homenagem, o movimento pretende com esse seminário dar início a um processo de reflexão sobre a contemporaneidade da obra de Freire e de defesa o seu legado por meio de estudos, reuniões, mostras, debates, fóruns, rodas de conversa, eventos culturais e mobilizações acadêmicas e sociais para formação de jovens e adultos”, enumera Cláudio Orlando, professor da UFRB, responsável pela atividade. O seminário é uma forma de reunir cada uma dessas iniciativas e de apresentá-las como metodologia de trabalho. “Queremos instrumentalizar uma rede espalhada por todo o mundo, conectada – como o próprio Freire dizia – pela cultura do diálogo e pela educação como um ato político”.

Para Cybele Amado, Diretora Presidente do ICEP, a inspiração da obra e da história de vida de Paulo Freire convida cada um de nós a tomar a educação nas próprias mãos. “É um convite à esperança, ao diálogo e à participação”, sintetiza ela, que está à frente do Instituto fundado há 20 anos, exatamente no dia do aniversário do educador. “O ICEP está em plena sintonia, tanto com os valores da obra de Freire, como com os objetivos desse movimento que surge como reflexo da necessidade do mundo atual de análise e engajamento simultâneos como, constituintes do sujeito autônomo”, pontua.

As próximas iniciativas do Movimento serão anunciadas durante o seminário, dentre elas, a criação da plataforma colaborativa,com base em experimentos autobiográficos, onde as pessoas podem, livremente, compartilhar da sua experiência com Paulo Freire e das influências dele no seu dia a dia de vida ou trabalho. O “Memorial Colaborativo Obrigado Paulo Freire” vai possibilitar, no médio prazo, sistematizar e publicar as informações reunidas. A ideia do movimento é manter a mobilização permanente dessa rede abrangida pelo Memorial e realizar anualmente o Seminário Obrigado Paulo Freire, em caráter itinerante, sempre no dia 19 de setembro.

O Movimento 

O Movimento Obrigado Paulo Freire surgiu da união entre a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), por meio do Grupo de Pesquisa Formação em Currículo e Cultura (FORCCULT), e o Instituto Chapada de Educação e Pesquisa (ICEP) e conta com a participação da filha do educador, Fátima Freire. Reunidas, em princípio para viabilizar o Memorial Virtual para as narrativas autobiográficas, as duas instituições perceberam o potencial agregador da obra de Freire e optaram pela ideia de um movimento que pudesse atuar sobre outros formatos, a fim de levantar a influência de Paulo Freire sobre pessoas e instituições, em diversos aspectos: profissional, intelectual, acadêmico, político ou pessoal. A proposta é trabalhar sempre de forma coletiva, em abordagem que busque investigar as narrativas auto-etnobiográficas e os múltiplos sentidos presentes nas histórias de vida, em seus aspectos interculturais.

Compartilhe:

 

O MELHOR DO ALDEIA NAGÔ NO SEU EMAIL

CADASTRE-SE EM NOSSO NEWSLETTER:

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 17.11.17.079Festival Samba de Beco, 17 Nov 2017
  • 17.11.17.014II Noite Cultural. Casa Preta. 17 Nov 2017
  • 12.11.17.093Puxadinho MassaLarica. Ano 1. 12 Nov 2017
  • 10.11.17.048Nobreza Vinil Session 2. Lebowski. 10 Nov 2017
  • 04.11.17.253Perc Pam. Lgo da Mariquita. Alb 2. 04 Nov 2017
  • 04.11.17.042Perc Pam. Lgo da Mariquita. Alb 1. 04 Nov 2017

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS

GALERIAS DE ARTE

HUMOR

  • Abertura das Olimpiadas_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?