Salvador, 07 de August de 2020
Acesse aqui:                
facebookorkuttwitteremail
Erro
  • Your server has Suhosin loaded. Please follow this tutorial.
Coato Coletivo comemora mês da Dança com espetáculos de dança contemporânea e dança-teatro no Gamboa Nova em Abril
Ajustar fonte Aumentar Smaller Font
Qui, 12 de Março de 2020 19:43

Coato_Coletivo_FIK8De 01 a 11 de Abril, o Teatro Gamboa Nova contara com uma programação artística  produzida pelo COATO Coletivo, em colaboração com artistas da dança e videodança, apesentando espetáculos de dança contemporânea e dança-teatro, com abordagens sobre migração voluntária, do deslocamento do interior do estado para a capital; processo autobiográfico sobre a maternidade em uma sociedade heteronormativa, e como nossos aspectos de percepção visual são sensibilizados em uma obra performática. Com trajetórias desenvolvidas em contexto de pesquisa universitária, estudantil e com circulação por outros estados brasileiros, os espetáculos apontam sobre uma poética fronteiriça e mítica. E para expandir e aproximar cada vez mais o público das obras apresentadas em cada noite, acontecerá um bate papo com artistas convidados, onde poderemos conhecer sobre o processo criativo de cada espetáculo e como ele é apresentado ao público. Integrada a esta programação, haverá exibições de Videodanças, esta arte híbrida entre dança e audiovisual, com obras criadas neste vasto Brasil, e em especial, na Bahia. A Mostra de Videodança Rotas do Corpo, é uma iniciativa que para a curadora da Mostra, se configura como  “uma possibilidade de conhecer a produção de artistas do campo da videodança que atuam em diferentes estados e cidades brasileiras e se configura como um projeto inicial que busca apresentar um panorama da produção e criação continuada nesta área no país.” explica Lilian Graça, coreografa, bailarina e videasta.

Pela segunda vez o COATO Coletivo, se integra ao projeto comemorativo de dança do Teatro Gamboa Nova – o Abril O CORPO, priorizando as emergências estéticas e discursivas de artistas independentes, aproximando o modo de produção colaborativa, que é um ideal do COATO.

“Para estudiosos e interessados em recepção de Arte, irá acontecer também em nossa programação, um momento de interlocução sobre os espetáculos, momento esse em que desejamos conhecer o processo criativo d@s artistas e conversar sobre sua poética e ética. Para a realização dessa interlocução, contaremos com a presença de artistas convidados, como Andréia Oliveira (Liga do Corpo), Giltanei Amorim (Mex/Br) e Jacson Santos (CFA Funceb)” pontua o curador da programação de dança e ass. de curadoria da Mostra de Videodança Rotas do Corpo, Danilo Lima, integrante do COATO.

Realizar este projeto, surge como um exercício entre artistas e público, sobre como podemos refletir e reconhecer que a arte é inútil, quando não perigosa.

Aproximamos também, a equipe de Gravidade, revista de arte independente realizada por artistas soteropolitanos ou em trânsito. Lévi Barbosa, Jil Soares, Jamile Cazumbá, Mario Vasconcelos, Rogério Félix e Juliana Cajives integram a equipe da revista. Nas noites da programação produzida pelo COATO, o público terá a oportunidade de comprar a 5ª edição da revista.

Os valores dos ingressos custam R$20 inteira e R$10 meia entrada.

Programação de Espetáculos:

Primeira semana:

Quarta-Feira dia 01 de Abril às 19h

Corpo Sensível  de Robson Ribeiro (duração: 35 min)
classificação indicativa: Livre

Quinta-Feira dia 02 de Abril às 19h

Memórias imaginadas das terras por onde andei de Daniela Lisboa (duração: 30 min)
classificação indicativa: Livre

Sexta-Feira dia 03 de Abril às 19h

Lamúria de Marcela Trevisan (duração: 45 min)
classificação indicativa: 14 anos

Sábado dia 04 de Abril às 17h

Mostra de Videodança Rotas do Corpo (duração: 1h e 30min)
classificação indicativa: Livre

e às 19h

CACIMBA Um solo de William Gomes (duração:  35 min)
classificação indicativa: Livre

CANTOS de Tilt St (duração 35 min)
classificação indicativa: Livre

Mostra de Videodança Rotas do Corpo (duração: 1h e 30min)
classificação indicativa: Livre

Segunda semana:

Quarta-Feira dia 08 de Abril às 19h

Corpo Sensível de Robson Ribeiro (duração: 35 min)
interlocução com Andréia  Oliveira (Liga do Corpo)

Quinta-Feira dia 09 de Abril às 19h

Memórias imaginadas das terras por onde andei de Daniela Lisboa (duração: 30 min)
interlocução com Giltanei Amorim (México / Brasil)

Sexta-Feira dia 10 de Abril às 19h (Feriado)

Sábado dia 11 de Abril às 17h

Mostra de Videodança Rotas do Corpo (duração: 01h e 30min)
classificação indicativa: Livre

e às 19h

CACIMBA Um Solo de William Gomes (duração: 35 min)

CANTO de Tilt St (duração 35 min)
interlocução com Jacson Espírito Santo (CFA Funceb)

Compartilhe:

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

O MELHOR DO ALDEIA NAGÔ NO SEU EMAIL

CADASTRE-SE EM NOSSO NEWSLETTER:

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 24.02.2020.450Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 4. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.294Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 3. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.214Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 2. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.039Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 1. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.222Mudança, Magary, Motumbá. C. Grande. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.090Didá & Respeita as Minas. Campo Grande. 24 Fev 2020

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS

GALERIAS DE ARTE

Mais galerias de arte...

HUMOR

  • Sumário_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?