Salvador, 30 de abril de 2017
Acesse aqui:                
facebookorkuttwitteremail
A “Lista de Fachim das delações da Odebrecht”. Por Sérgio Guerra
Ajustar fonte Aumentar Smaller Font
Seg, 17 de Abril de 2017 03:16

Sergio_Guerra2Tenho resistido a tocar no assunto da “Lava Jato” e suas “Delações Premiadas”, (“Vazamentos” idem), talvez, confesso, pela (de?) formação profissional de ver sempre seus praticantes, amadores ou profissionais, como “alcaguetes”, no popular “caguetes”, “dedos-duros” e outros termos, mais degradantes e depreciativos, dos quais foram exemplos históricos: Judas (só para não perder esta oportunidade da Semana Santa), Joaquim Silvério dos Reis e Calabar, dentre muitos outros.

Além do mais, me parece que não há ação mais hipócrita, irônica e ridícula, para não dizer coisa pior, do que a de um inquisidor/juiz perguntar a um cidadão comum, (imaginem políticos de grande poder, grandes empresários ou seus “altos executivos”), que está preso, (lembrem das condições carcerárias deste país tropical!), há mais de um ano se “está sofrendo algum constrangimento, ou se está confessando por livre e espontânea vontade” !!!.  Imagino que resposta franca, honesta e sincera, uma pessoa normal, parecida, por exemplo, comigo ou com você, daria?

Entretanto, este tema da semana nacional merece, posto que a internacional é dominada por Trump com a soltura da “mãe de todas as bombas”, (cuidado com “pai de todas as bombas russo”!), ainda que ao arrepio de minha integridade física, mental e psicológica, algumas observações para que meus caros, parcos e raros leitores, fiquem atentos e precavidos para “consensos” e “naturalidades” que tenho observado, mesmo que para tal, tenha de perder alguns aprazíveis momentos de minha folga e de outras atividades que tento me dedicar. Assim, vamos lá!

Em 1º lugar, vou pular o clássico “Fora Temer!”, vale destacar um “consenso temporal”, criado na “Lava Jato”, de que o limite de suas “delações/investigações” se restrinjam ao “pós-eleições de 2000”, arbitrária, curiosa e sintomaticamente, quando o alvo, objetivo e vítima preferencial, Lula/PT/Dilma, e sua “base aliada”, começaram a ganhar todos os pleitos nacionais e se esparramaram de cima para baixo, iniciando um violento processo de aniquilamento de seus opositores.

Em 2º lugar, vale o registro de que a lista em evidência, no momento, é apenas uma, ainda que a 1ª, de uma grande empreiteira, provavelmente a maior, pela sua importância inclusive internacional, razão maior da necessidade, para o capital norte-americano do seu desmonte e paralisação. Entrementes, vale enfatizar que é tão a somente a 1ª de uma série de mais de uma dezena, cujos donos e “altos executivos”, deverão adotar esta prática e aí não deverá “ficar pedra sobre pedra”, para usar a expressão bíblica deste período sobre Jerusalém. Aliás, enquanto baiano, estou ansioso para ver a “delação da OAS” que em menos de 30 anos se tornou uma grande empreiteira, graças ao poderio da família ACM, na ditadura.

Em 3º lugar, merece destaque o cinismo demonstrado pelo “patriarca da corrupção”, Emílio Odebrecht, ao contrário do que se observa nos outros constrangidos delatores, principalmente, quando amplia esse período oficial da “Lava Jato” e atinge os “últimos 30 anos”, exatamente quando as eleições passaram a ser “diretas e democráticas”, com a livre existência dos vários partidos. Neste momento, rindo o empreiteiro, o que lhe valeu uma reprimenda do juiz que lhe escutava, sobre a seriedade do tema que lhe parecia “apenas” engraçado. Assim se denunciou a lembrar o seu líder, artífice da ditadura e do golpe de 64, Golbery, para classificar o seu “Amigo” Lula, quando o tachava de “bon vivant” e que não tem, nem nunca teve, “nada de socialista”; e,

Em 4º lugar, esta “Lista de Fachin/DelaçãoOdebrect”, ao tempo em que “naturaliza” também “universaliza”, porquanto cita todos os grandes, médios e pequenos partidos, na medida em que os aponta como “recebedores”, (não sei porque não me sai da cabeça a palavra “receptadores?”) de dinheiro de forma ilícita. Salvo, justiça se lhes faça, por enquanto, alguns apenas “nanicos”. Neste momento, vale observar que é necessário se separar contribuições eleitorais, conforme a legislação em vigor à época, e o “Caixa 2”, ora sub-júdice (?) e as criminosas, antes como agora, porquanto “lavagem de dinheiro”, aqui ou no estrangeiro.

Assim, enfim, enfrentei deste tenebroso assunto, ao qual ainda voltarei algumas outras vezes, infelizmente, apesar das infinitas dúvidas que me dominam, posto que não sei mais o que se pretende, além da “desmoralização” “ampla, geral e irrestrita” da “Política”, o que abrirá caminhos para os “puros apolíticos”, preferencialmente, arrivistas, empresários e, quiçá, militares, todos ultra-direitistas, com as inúmeras e variadas deformações e mazelas que lhes são próprias, se apresentem como “salvadores da pátria” que combaterão a “corrupção e a subversão”, como Dória e Trump. Já vi este filme antes e não gostei do final. Portanto, não preciso, nem quero e creio que não agüento, pois estas cenas, tenho certeza, não “vale a pena ver de novo!”.


Sérgio Guerra
Licenciado, Mestre e Doutor em História
Professor Adjunto da UNEB,.DCH1 Salvador.
Conselheiro Estadual de Educação - BA.
Colunista Político Semanal do Portal Mais Bahia.

Presidente do Instituto Ze Olivio  IZO

Cronista do site "Memorias do Bar Quintal do Raso da Catarina".

 

Compartilhe:

Última atualização em Seg, 17 de Abril de 2017 03:19
 

O MELHOR DO ALDEIA NAGÔ NO SEU EMAIL

CADASTRE-SE EM NOSSO NEWSLETTER:

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 20.4.17.033Clube Nectar Chá. Lebowsky Pub. 20 Abril 2017
  • 20.04.17.039Festa Fuego. 116 Gráus. 20 Abril 2017
  • 15.04.17.160Discotecagem Dj Pureza. Chupito. 15 Abril 2017
  • 15.04.17.099Pink Floyd e Janah Joplin. Dubliners. 15 Abril 2017
  • 12.04.17.012Carolina Iniguez e Biia Ferreira. Aboca. 12 Abr 2017
  • 08.04.17.197Noite Africana. Casarão do Lord. 08 Abril 2017

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS

GALERIAS DE ARTE

Mais galerias de arte...

HUMOR

  • Cocaina_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?