Salvador, 18 de novembro de 2017
Acesse aqui:                
facebookorkuttwitteremail
ACM Neto, uu O Coronel Está Nu!. Por Walter Takemoto
Ajustar fonte Aumentar Smaller Font
Dom, 16 de Julho de 2017 15:56

Walter-TakemotoACM Neto foi lançado no mercado como um produto novo, seguindo a onda produzida pelas agências de comunicação de criar o consumo de novidades, na política brasileira e baiana.

Um jovem empreendedor, administrador eficiente e eficaz, modernizador e, principalmente, distante da figura de seu avô, um coronel que perseguia, agredia (ou mais), e não se furtava de usar os métodos mais sórdidos a disposição para tentar destruir desafetos ou opositores políticos.

ACM Neto se esqueceu que todo produto novo envelhece rapidamente, ou acaba por demonstrar que no máximo é uma reciclagem mal feita de seu antecessor.

E ACM Neto não resistiu a prova. Mostra que é um anão como gestor e homem público.

Sem entrar no mérito dos seus “projetos” de reforma da orla (superfaturada), da licitação das linhas de ônibus (que só gerou mais lucro para os empresários), do BRT mais caro do mundo, da entrega de áreas públicas para especuladores, a prova definitiva de que não passa de um aprendiz de coronel, no caso seu avô, é a campanha sórdida que o prefeito armou com a empresa de comunicação da sua família e seus asseclas na câmara para atacar de forma vil as professoras e professores da rede municipal e a diretoria da APLB, o sindicato dos profissionais da rede municipal.

Diante de um legítimo e legal movimento dos educadores, que paralisou por dois dias as escolas municipais, reivindicando reajuste salarial, progressão e valorização profissional, previstos no plano de carreira da categoria, e condições adequadas de ensino nas escolas, o prefeito simplesmente organizou uma campanha para tentar desmoralizar a categoria dos professores e tentar colocar a população contra o movimento que realizam.

De forma orquestrada, o prefeito e seus aliados, na imprensa e na câmara, acusam educadores e a direção do sindicato de estimular os alunos das escolas municipais a boicotarem a Prova Brasil, realizada pelo MEC/INEP, para que a rede municipal de Salvador caia no IDEB.

Essa campanha iniciada pelo prefeito tem que ser analisada a partir de dois fatores importantes:

- ACM Neto gastou dezenas de milhões de reais na compra de pacotes educacionais, vendidos por antigos aliados de seu avô, sem licitação e sem avaliação de qualidade, e os educadores da rede não aceitaram que fossem impostos às escolas, pois desrespeitavam as diretrizes curriculares, a autonomia pedagógica das equipes escolares, portanto não contribuiriam para a qualidade da aprendizagem dos alunos e alunas

- Os aliados do prefeito na imprensa e na câmara afirmam que as escolas de Salvador no IDEB apresentaram o maior avanço do país na última avaliação, passando das últimas posições para 17ª colocação entre as capitais. O que eles não dizem, é que as medidas adotadas pelo prefeito e seus secretários se limitaram ao gasto de dezenas de milhões com a compra de pacotes educacionais de mercadores da educação, e que os avanços na aprendizagem dos alunos é da responsabilidade única e exclusiva das professoras e professores, que recusaram os pacotes impostos pelo prefeito, superaram o abandono das escolas pela administração (falta material, merenda, uniforme, manutenção, etc) e demonstraram compromisso com a qualidade do ensino e da aprendizagem nas salas de aula, para que todos os estudantes tivessem sucesso escolar

Acusar os profissionais do magistério da rede municipa de Salvador e a diretoria da APLB de tentar estimular os alunos a boicotarem a Prova Brasil, nada mais representa do que a face mais perversa dessa administração: incapaz de dialogar, de permitir o acesso as contas do FUNDEB, de realizar uma gestão democrática que respeita o funcionalismo, adota como método a calúnia, a força da ameaça de demissão, a perseguição e a chantagem.

Nu, ACM Neto veste de uma vez por todas o figurino de seu avô.

É uma responsabilidade de todos que defendem a qualidade da escola pública, a democracia e a liberdade, que lutam contra toda forma de autoritarismo e retirada de direitos dos trabalhadores, se colocar ao lado dos profissionais da educação de Salvador e repudiar veementemente as atitudes arbitrárias e caluniosas do prefeito e seus aliados.

Compartilhe:

 

O MELHOR DO ALDEIA NAGÔ NO SEU EMAIL

CADASTRE-SE EM NOSSO NEWSLETTER:

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 12.11.17.005Puxadinho MassaLarica. Ano 1. 12 Nov 2017
  • 10.11.17.048Nobreza Vinil Session 2. Lebowski. 10 Nov 2017
  • 04.11.17.187Perc Pam. Lgo da Mariquita. Alb 2. 04 Nov 2017
  • 04.11.17.018Perc Pam. Lgo da Mariquita. Alb 1. 04 Nov 2017
  • 03.11.17.005Jazz Na Avenida e Tarcísio Santos Trio. 03 Nov 2017
  • 02.11.17.006Varanda dos Cantadores. V. Teatro Sesi. 02 Nov 2017

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

GALERIAS DE ARTE

HUMOR

  • Cocaina_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?