Salvador, 16 de December de 2019
Acesse aqui:                
facebookorkuttwitteremail
Erro
  • Your server has Suhosin loaded. Please follow this tutorial.
Teatro
Calendário de Eventos help
Weekly View
Ver por Semana
Daily View
Veja Hoje
Categories
Ver por Categorias
Search
Buscar
Por que Hecuba
Quinta-feira 21 Março 2019, 20:00

Acessos : 739

Ambientada entre a cidade lendária de Tróia e a capital da Bahia, a trama da acontece simultaneamente na Grécia Antiga e no Carnaval de Salvador, instalando um lugar entre a festividade e a tragédia.

Hécuba, a rainha derrotada na lendária Guerra de Tróia, encarna muitas das dores do mundo de hoje, em que uma série de outras guerras cotidianas são desencadeadas pela intervenção dos novos deuses, que ocupam as diversas esferas do poder contemporâneo. A releitura do dramaturgo romeno Matéi Visniec encontra a montagem instigante do diretor baiano Marcio Meirelles. Por que Hécuba,que concorre ao Prêmio Braskem de Teatro nas categorias Espetáculo, Atriz (Chica Carelli) e direção (Marcio Meirelles), fica em cartaz de 14 a 24 de março com ingresso promocional até um dia antes da estreia (R$20 inteira e R$10, meia-entrada).

“Por Que Hécuba é uma peça sobre a violência, como ‘Hécuba’, de Eurípedes. Mas na minha peça o olhar vai além do sofrimento e da vingança. Eu quis empurrar Hécuba para a revolta. Eu quis que essa mulher fruto da mitologia grega interpelasse os deuses, e com isso os próprios fundamentos da nossa civilização”, explica Matéi Visniec. O dramaturgo propõe ainda um vôo sobre um humor triste. Para Visniec, a Tróia de nossos dias pode estar na Bósnia, na Chechênia, em Beirute, na Somália, na Síria ou em qualquer país repartido e assombrado pelo espectro da guerra civil.

E, claro, no Brasil atual, atravessado por tantas intransigências e violentos jogos de poder. Como acredita Márcio Meirelles, “estamos vivendo isto: uma sociedade que se divide e subdivide em classes, gêneros raças, crenças. Como se tudo e todos não pudessem conviver com o contraditório, com opiniões, ritos e ideologias diferentes”, acrescentando que o espetáculo discute o por quê de tanto ódio e de uma reação movida pelo ódio ao que foi construído socialmente. “Por que o que foi construído tem que ser destruído com tanto ódio?”, indaga.

A reposição de Por Que Hécuba, que já foi encenada pela universidade LIVRE do Teatro Vila Velha em 2014 e pela Companhia Teatro dos Novos em 2017, acontece nesse clima de incertezas. E repor é “restituir um sistema de signos, recolocar este sistema em cena num novo tempo com um novo elenco”. Diferente de uma remontagem, a encenação propõe novas leituras do texto, alteradas por este tempo, pelas particularidades do Brasil em que o texto se insere e pelo novo elenco.

Protagonizada pela atriz Chica Carelli – que também colaborou na tradução do texto feita por Vinícius Bustani – o espetáculo ganha corpo com o histórico grupo Teatro dos Novos, que conta ainda com a participação de atores e atrizes convidadas como Celso Jr., Grazielle Mascarenhas, Daniel Calibam, Caio Rodrigo, Wanderley Meira, Marcelo Jardim, Leo Sclark, e Yan Britto. Além deles, como parte do coro, participantes da universidade LIVRE do Teatro Vila Velha. Somando-se a eles a música composta em modos gregos turcos nordestinos e do rock’n’roll, por Aline Falcão.

POR QUE HÉCUBA – Teatro dos Novos, Universidade LIVRE e convidados

Teatro Vila Velha - Av. Sete de Setembro, s/n - Passeio Público - Campo Grande, Salvador/BA.

De 14 a 24 de março, Quinta a sábado – 20h / Domingo – 19h

Ingressos: Até 13 de março, R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia). A partir de 14 de março R$ 30,00 (inteira) ou R$ 15,00 (meia)

À venda na bilheteria do Teatro e no site www.ingressorapido.com.br

16 ANOS

 

Valor Até 13 de março, R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). A partir de 14 de março R$ 30 (inteira) ou R$ 15 (meia)

Na trama, Hécuba perde todos os filhos na guerra que durou 10 anos e terminou com a vitória dos gregos - mas em seu texto Visniec nos mostra nossas guerras cotidianas, a violência transformada em espetáculo, a manipulação dos fatos e dos be

Localização  Teatro Vila Velha
Av. Sete de Setembro, s/n Passeio Público - Campo Grande
Brasil/Bahia/Salvador
40080-005

Compartilhe:

Voltar

O MELHOR DO ALDEIA NAGÔ NO SEU EMAIL

CADASTRE-SE EM NOSSO NEWSLETTER:

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 30.11.19.0215ª Marcha do Emp Crespo 30 Nov por Alberto Lima
  • 01.12.19.013Caminhada Samba. 01.Dez. Por Edgar de Souza
  • 10.11.19.145Festival Radioca.10 Nov, Por Rafael Passos
  • 28.09.19.050Rock Rural Janah e Raul. Casarão. 28 Set 2019
  • 06.03.19.005Patuskada para Exu Bouzanfrain. 06 Mar 2019
  • 05.03.19.234Carnaval no Pelô. Alb 2. 05 Mar 2019

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS

GALERIAS DE ARTE

HUMOR

  • Sumário_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?
 

Compartilhe: