Salvador, 12 de June de 2021
Acesse aqui:                
facebookorkuttwitteremail
Erro
  • Your server has Suhosin loaded. Please follow this tutorial.
Inventário do factóide por Luis Nassif
Ajustar fonte Aumentar Smaller Font
Cultura
Sex, 04 de Abril de 2008 07:23
As peças vão se encaixando: 1. Sabia-se do banco de dados que estava sendo alimentado na Casa Civil, com dados sobre gastos dos presidentes. Como declarou o presidente do PSDB Sérgio Guerra: "Não é novidade o governo ter um banco de dados sobre qualquer matéria. O problema, segundo ele, é "desse banco de dados se extrair um dossiê e divulgá-lo à imprensa".

2. Folhas desse levantamento chegaram na Veja. Há duas hipóteses para sua origem.

Hipótese A: Podia ser dados esparsos que a revista juntou e disse que era dossiê - ela tem histórico nisso, conforme venho demonstrando na minha série.

Hipótese B: Podia ser, de fato, um dossiê que estava sendo preparado, e aí com duas intenções. Aquela encampada pela revista, de imediato, é que seria para chantagear a oposição. Impossível! Qualquer tentativa de chantagem se tornaria escândalo. A revista criou o escândalo sem apresentar nenhuma evidência de chantagem. A segunda possibilidade seria o governo se armando quando tivesse que enfrentar a CPI. É verossímil, mas aí não se tem chantagem.

3. Tudo, acima, são conjeturas. De concreto, a reportagem da Veja tinha apenas as 13 folhas, e nada mais. E um conjunto de conclusões não amparadas em fatos.

4. A matéria da Veja não pegou. Talvez pegasse em outros momentos. Não agora, quando é nítida sua perda de credibilidade, especialmente junto a outras redações jornalísticas. Com o tema morrendo, ou a Veja ou algum intermediário encaminhou as tais 13 páginas para a "Folha", que resolveu ressuscitar o factóide.

5. Seguiu-se um jogo meio curioso. Os jornais fazendo o alarido, dando como fato consumado, mas - com exceção da "Folha" - indo com cuidado na onda. A edição desta semana da Época mostra claramente o receio de embarcar em uma canoa furada.

6. A própria conversa de Dilma Rousseff com Roberto Civita - a parte seu interesse nas mudanças da Lei de Telecomunicações, para viabilizar a venda da TVA - mostra que, em algum momento, se percebeu que a Veja tinha dado mais um furo n'água.

7. Agora, se está nesta situação. O próprio presidente do PSDB diz que os dados não são novidades: o crime está na divulgação em forma de dossiê. Quem divulgou foram a Veja e a Folha. Está em suas mãos demonstrar quem foi o "criminoso" que vazou o suposto dossiê. Vamos ver se na edição de amanhã a Folha avança alguma informação. Mas, até agora, estão imobilizados.

Repito o que já escrevi por aqui: não se trata de "entregar" a fonte, mas de informar que tipo de fonte é. É um "aloprado"? É um parlamentar chantageado.?É risível que qualquer parlamentar se sentisse "chantageado" com uma relação de gastos banais do ex-presidente FHC. Faria o mesmo que a Veja fez ao receber as 13 folhas: um enorme alarido, para ganhar visibilidade, gritaria "pega ladrão" e sairia para comemorar o gol..

8. Há tempos a Folha vem cometendo um haraquiri continuado, de ir a reboque da Veja.

Publicado originalmente em: www.projetobr.com.br

Compartilhe:

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

O MELHOR DO ALDEIA NAGÔ NO SEU EMAIL

CADASTRE-SE EM NOSSO NEWSLETTER:

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 24.02.2020.411Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 4. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.241Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 3. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.142Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 2. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.030Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 1. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.194Mudança, Magary, Motumbá. C. Grande. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.062Didá & Respeita as Minas. Campo Grande. 24 Fev 2020

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS

GALERIAS DE ARTE

HUMOR

  • Golpe_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?