Salvador, 09 de August de 2022
Acesse aqui:                
facebookorkuttwitteremail
Ricardo Stuckert lança obra sobre os povos originários brasileiros
Ajustar fonte Aumentar Smaller Font
Sáb, 05 de Março de 2022 03:11

Ricardo_Stuckert_lana_obraFoi em 1997, durante a primeira viagem que fez à Amazônia como fotógrafo da revista Veja, que Ricardo Stuckert esteve com os Yanomami, um dos maiores grupos indígenas da América do Sul. Ficou fascinado pela riqueza cultural da etnia e também pela sua capacidade de preservar a cultura e tradição milenares.

Quase vinte anos depois, Stuckert decidiu retornar à comunidade para fotografá-la novamente. A partir deste momento, o fotógrafo brasiliense teve a certeza de que tinha uma importante missão: registrar de forma mais ampla a vida dos povos originários como uma maneira de homenageá-los e, ao mesmo tempo, mostrar a importância desta cultura e deste universo tão fantástico e delicado.

Depois da viagem à aldeia Yanomami, Stuckert deu início a uma verdadeira jornada para as mais diversas regiões do Brasil. Dessa peregrinação, nasceu o livro Povos originários: guerreiros do tempo, lançamento da Tordesilhas Livros. A publicação traz histórias e fotos, como a de Penha, que foram coletadas ao longo desse trabalho documental.

Com olhar sensível e habilidade técnica adquirida ao longo dos mais de trinta anos de carreira, o fotógrafo mostra a diversidade e a pluralidade da cultura indígena, além de ressaltar a importância destes povos como guardiões da floresta.

Após pesquisa minuciosa e conversas com os indígenas que autorizaram a entrada de Stuckert nas comunidades, a obra foi dividida em capítulos dedicados às dez etnias escolhidas para serem retratadas pelo fotógrafo. Em edição bilínguecapa dura, o livro reúne textos escritos por antropólogos, sociólogos e integrantes das próprias comunidades.

Com destaque nacional e internacional por sua atuação como fotógrafo político, além do seu trabalho como diretor de fotografia do longa Democracia em Vertigem, indicado ao Oscar de Melhor Documentário, em 2020, Ricardo Stuckert capturou as singularidades e tradições de cada um dos povos originários que compõe a obra, fazendo as imagens ganharem o mundo.

Em 2016, Stuckert recebeu a medalha de ouro na categoria Muscat -Pessoas, no Oman 1st Internacional Photography Circuit, concurso de fotografia que reuniu participantes de 45 países. A foto premiada é a mesma da capa de Povos originários: guerreiros do tempo. Em 2020, a mesma imagem foi dada de presente ao Papa Francisco, um notório defensor dos povos indígenas da Amazônia.

Mais do que retratar as tradições e costumes dos grupos indígenas, sob as lentes precisas de Stuckert, Povos originários: guerreiros do tempo destaca a beleza e a alma daqueles que estão na linha de frente da luta pela preservação dos nossos recursos naturais.

Ficha técnica:

Título: Povos originários: guerreiros do tempo

Autor e fotógrafo: Ricardo Stuckert

Tradução para o inglês: Hugo Moss

Editora: Tordesilhas Livros

Número de páginas: 280

Formato: 23,4 x 26,9 cm

 

Compartilhe:

 

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 24.02.2020.454Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 4. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.305Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 3. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.149Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 2. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.004Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 1. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.232Mudança, Magary, Motumbá. C. Grande. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.004Didá & Respeita as Minas. Campo Grande. 24 Fev 2020

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS

GALERIAS DE ARTE

Mais galerias de arte...

HUMOR

Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?