Salvador, 11 de May de 2021
Acesse aqui:                
Banner
facebookorkuttwitteremail
Erro
  • Your server has Suhosin loaded. Please follow this tutorial.
Encontro internacional de artes comemora 10 anos em 24 horas de programação ininterrupta
Ajustar fonte Aumentar Smaller Font
Sex, 19 de Agosto de 2016 14:18

A_Feira_Foto_por_Igor_Correia_2Ao longo de 24 horas de programação ininterrupta, o IC oferecerá ao público baiano a possibilidade de imersão num universo artístico-cultural. A décima edição do encontro internacional de artes acontecerá em formato de virada das 20h do dia 19 de agosto (sexta) até as 20h do dia 20 de agosto (sábado). Movida a partir do tema “Quanto dura sua chama?”, a grade do evento, realizado pela Dimenti Produções Culturais em parceria com a Associação Conexões Criativas, aposta em reflexões sobre o conceito de tempo no cotidiano, na produção artística e na composição da curadoria.

Todas as atividades acontecerão no Centro de Salvador, num incentivo à ocupação dos espaços culturais e públicos da região, como a Praça Castro Alves, o Espaço Cultural da Barroquinha, o Teatro Gregório de Mattos e o Espaço Itaú de Cinema Glauber Rocha.

A programação, que inclui trabalhos locais, nacionais e estrangeiras, será aberta com a instalação Standard Time, do alemão Mark Formanek, uma obra símbolo desta edição. A partir das 20h do dia 19 de agosto, um time de performers divididos em turnos construirá em tempo real um relógio “digital”, marcando o tempo de minuto a minuto e dialogando com a pergunta-base que moveu a curadoria neste ano. O processo seguirá por 24 horas, durante toda a virada cultural. Na capital baiana, Standard Time será executado pela TANTO – criações compartilhadas. Outra produção estrangeira é a espanhola El Agitador Vórtex, de Cris Blanco, um filme surreal feito ao vivo.

Neste ano, e mais uma vez, o IC abriga um vasto horizonte de possibilidades e exercícios artísticos: desde a polêmica performance Macaquinhos (São Paulo), em que nove artistas exploram debates sobre o corpo através do ânus, até o espetáculo infantil Guia Improvável para Corpos Mutantes, de Airton Tomazzoni (Rio Grande do Sul), que incentiva as crianças a perceber o corpo como condição para se reinventar. Além disso, outras partes do Brasil mostram um pouco da sua produção através da dança-instalação DNA de DAN, de Maikon K (Paraná), da vídeo-performance Hedonês, de Letícia Nabuco e Tatiana Devos Gentile (Minas Gerais/Rio de Janeiro), e do solo de dança Homem Torto, de Eduardo Fukushima (São Paulo). A Bahia será representada pela performance-baile Valsa de Loulou, comemorando os 15 anos da drag Rainha Loulou, a intervenção urbana Lugar de GigAntes, de Alessandra Flores, e ainda a obra Há Violência no Silêncio?, da venezuelana radicada na Bahia Nirlyn Seijas.

Dupla comemoração

Vale ressaltar que os debates sobre o tempo vão além da programação e perpassam as comemorações de um duplo aniversário: enquanto a Dimenti Produções Culturais completa 18 anos, o IC celebra a sua primeira década no calendário artístico de Salvador. Ellen Mello, diretora de produção e curadora do IC10, percebe que essa comemoração ganha contorno ainda mais especial quando pensa no tipo de arte feita, promovida e difundida pelo Dimenti. “Temos que vencer uma série de desafios e preconceitos com a arte contemporânea por ela ser menos palatável, digamos assim. É um tipo de trabalho artístico que se lança no abismo do risco. Tenho muito orgulho de trabalhar com produção desse tipo de arte”, completa.

Já o artista-curador Jorge Alencar lembra que o IC foi iniciado quando o Dimenti ainda era um grupo artístico nuclear, mas seguiu existindo quando se transformou num ambiente descentralizado de criação e produção. “O IC vem assumindo diferentes formas e dinâmicas, nos lembrando sempre que o mais interessante dessa aventura da maioridade artística do Dimenti é justamente estar em contínua transformação”, afirma.

Além de Ellen Mello e Jorge Alencar, também assinam a curadoria do IC10 os artistas Leonardo França e Neto Machado.

Conectivos Musicais

Pela primeira vez, os cantores Jaloo (Pará) e Karine Alexandrino (Ceará) farão shows na capital baiana. Parte da programação do IC10, os dois subirão ao palco a partir da 1h, na virada do dia 19 para o dia 20 de agosto, em plena Praça Castro Alves. Ambas as apresentações serão gratuitas. O paraense Jaloo, integrante de uma nova geração da MPB que questiona os padrões normativos, apresentará um set list baseado no álbum #1 – lançado recentemente pela StereoMono, selo Skol Music. Seu estilo pop, eletrônico e experimental mistura ritmos brasileiros tradicionais às influências musicais de artistas como Bjork, Robyn, Rihanna, Caribou e Donna Summer. Insight, Last Dance, Ah! Dor! e A Cidade são algumas das canções mais conhecidas do compositor e DJ.

Já a cearense Karine Alexandrino traz para Salvador o espetáculo do seu terceiro disco: Mulher Tombada, lançado no final de 2015. Neste novo álbum, a intérprete e compositora continua apostando numa linguagem performática, oferecendo personalidade aos estilos musicais pelos quais passeia, como tecnopop, soul e tropicalismo. O repertório do show inclui as canções Devaneios, Troglodita Predileto, Assim Vamos Chegar no Japão e Zelda Não Morreu. Quem Morreu Fui Eu.

No amanhecer da virada, às 6h da manhã, o Concerto para Onironautas, do projeto Infusão, de João Milet Meirelles e Lia Cunha, será um momento de desaceleração e descanso. Para completar a grade musical, o encerramento do IC se dá com o Concerto para Fim de Festa, com show da cantora Larissa Luz, às 19h do dia 20.

Novidades IC10

Pelo segundo ano, o IC experimenta uma conexão com a gastronomia. Dessa vez, A Feira da Cidade ocupará a Praça Castro Alves, transformando-se em ponto de encontro e refeitório para público, artistas e técnicos participantes do evento. As tendas estarão em pleno funcionamento das 20h do dia 19 de agosto até 4h do dia 20 de agosto; depois de uma pausa, as atividades d’A Feira voltam às 10h do sábado e permanecem até as 20h.

Outra novidade do encontro internacional de artes é a mostra Cine Combustão, que complementa a programação regular do Espaço Itaú de Cinema Glauber Rocha, entre as 23 horas e o meio-dia, para fazer 24 horas ininterruptas de cinema. Os filmes selecionados têm curadoria do cineasta Cláudio Marques. Os ingressos custarão R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia).

Oficinas e Conectivos Críticos

Em todos estes dez anos, o IC manteve compromissos firmes com a formação do público local e o incentivo ao intercâmbio artístico entre os participantes do evento. Na oficina Lugar de GigAntes, os participantes vão produzir bonecos gigantes para a performance homônima. A oficina Hedonês, voltada para mulheres a partir dos 50 anos, vai acender reflexões sobre o lugar da mulher com mais de 50 na sociedade contemporânea a partir de prática corporal, textos, vídeos e trocas de experiências. No caso da oficina Corpo Abismo – práticas de presença, que está articulada à dança-instalação DNA de DAN, os interessados em performance poderão explorar práticas de presença.  As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site (www.icencontrodeartes.com.br).

Além disso, o Conectivos Críticos desta edição será encabeçado pela pesquisadora e artista Thereza Rocha com o lançamento nacional do livro O que é dança contemporânea?. Pesquisadora de dança e dramaturgista de processos de criação, Thereza é doutora em Artes Cênicas pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e professora dos cursos de graduação em Dança da Universidade Federal do Ceará (UFC). Também autora do livro Diálogo/Dança (São Paulo: SENAC, 2012), junto com Marcia Tiburi.

IQUIs

Num indicativo entre as possíveis relações entre arte, tecnologia e redes sociais, o IC10 apresenta os IQUIs. Jogando com uma possibilidade fonética da sigla IC, o encontro convida seu próprio público para ser veículo de registro e compartilhamento dos acontecimentos. O evento assume, assim, um formato de cobertura colaborativa, em que a narrativa se desloca de uma “voz oficial” para a expressão direta de quem experimenta os fatos. Os IQUIs, selecionados através de inscrição pública, vão participar de oficinas introdutórias a conteúdos de arte contemporânea, produção de fotografia e vídeo e comunicação, ter credencial para acesso livre a toda a programação do IC10, ganhar a camisa oficial e obter certificado. Também recebem R$ 200,00 de ajuda de custo e  R$ 100,00 em vale-alimentação a ser utilizado n’A Feira da Cidade, montada no evento.

Institucional

O IC10 é uma realização da Dimenti Produções Culturais em parceria com a Associação Conexões Criativas. O evento tem apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia, por meio do Edital de Eventos Culturais Calendarizados. Conta com apoio do Goethe-Institut Salvador/ICBA; dos espaços municipais Espaço Cultural da Barroquinha e Teatro Gregório de Mattos; do Espaço Itaú de Cinema Glauber Rocha; da Rádio Educadora FM Bahia; d’A Feira da Cidade e Agência Agosto; da Mitti Andaimes; do Hotel Bahia do Sol; da Guima Viagens; da Escola Contemporânea de Dança; e da academia Villa Salute.

Em sua programação, quatro obras – DNA de DAN, Guia Improvável para Corpos Mutantes, Hedonês e Homem Torto – integram projetos contemplados com o Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna da Fundação Nacional de Artes (Funarte), instituição vinculada ao Ministério da Cultura (MinC). Ainda tem apoio da Acción Cultural Española (AC/E), por meio do Programa de Internacionalización de la Cultura Española (PICE), na modalidade de Mobilidade, para a obra El Agitador Vórtex.

IC10: QUANTO DURA SUA CHAMA?

24h de combustão

Quando: Das 20h de 19 de agosto às 20h de 20 de agosto de 2016

Onde: Praça Castro Alves | Teatro Gregório de Mattos | Galeria da Cidade (Teatro Gregório de Mattos) | Espaço Cultural da Barroquinha | Galeria Juarez Paraíso (Espaço Cultural da Barroquinha) | Espaço Itaú de Cinema Glauber Rocha

Quanto: Programação com atividades gratuitas e pagas (R$ 20 e R$ 10)

Apoio: AC/E | Goethe-Institut Salvador/ICBA | Espaço Cultural da Barroquinha | Teatro Gregório de Mattos | Espaço Itaú de Cinema Glauber Rocha | Educadora FM Bahia | A Feira da Cidade | Agência Agosto | Mitti Andaimes | Hotel Bahia do Sol | Guima Viagens | Escola Contemporânea de Dança | Villa Salute | Funarte | MinC | Governo do Brasil

Apoio financeiro: FCBA/ Sefaz/ SecultBA/ Governo da Bahia

Realização: Dimenti Produções Culturais/ Associação Conexões Criativas

www.icencontrodeartes.com.br

www.facebook.com/icencontrodeartes | Instagram: @icencontro

PROGRAMAÇÃO

COPRODUÇÃO DE OBRAS

Standard Time

De Mark Formanek (Alemanha)

Por TANTO – criações compartilhadas (Bahia)

Praça Castro Alves | Das 20h de 19/8 às 20h de 20/8 | Gratuito

Valsa de Loulou

Rainha Loulou (Bahia)

Teatro Gregório de Mattos | À meia-noite na virada de 19/8 para 20/8 | R$ 20 e R$ 10

PROGRAMAÇÃO DE PROJETOS

A Feira da Cidade

Carla Maciel e Agência Agosto (Bahia)

Praça Castro Alves | Das 20h de 19/8 às 4h de 20/8; das 10h às 20h de 20/8 | Gratuito

CONECTIVOS MUSICAIS

Karine Alexandrino (Ceará) + Jaloo (Pará)

Praça Castro Alves | 20/8, 1h | Gratuito

Concerto para Onironautas

Projeto Infusão – João Milet Meirelles e Lia Cunha (Bahia)

Galeria da Cidade (Teatro Gregório de Mattos) | 20/8, 6h | Gratuito

Concerto para fim de festa

Larissa Luz

Praça Castro Alves | 20/8, 19h | Gratuito

CONECTIVOS CRÍTICOS

O Que É Dança Contemporânea? [Lançamento nacional]

Thereza Rocha (Rio de Janeiro/Ceará)

Livraria LDM (Espaço Itaú de Cinema Glauber Rocha) | 20/8, 15h | Gratuito

MOSTRA DE FILMES

Cine Combustão

Curadoria de Claudio Marques

Espaço Itaú de Cinema Glauber Rocha | Das 23h de 19/8 às 12h de 20/8 | R$ 4 e R$ 2

MOSTRA ARTÍSTICA

DNA de DAN

Maikon K (Paraná)

Galeria da Cidade (Teatro Gregório de Mattos)

Sessão 1: 19/8, 20h à 00h | Sessão 2: 20/8, 14h às 18h | Gratuito

Homem Torto

Eduardo Fukushima (São Paulo)

Espaço Cultural da Barroquinha

Sessão 1: 19/8, 20h | Sessão 2: 20/8, 16h | R$ 20 e R$ 10

El Agitador Vórtex

Cris Blanco (Espanha)

Teatro Gregório de Mattos

Sessão 1: 19/8, 21h | Sessão 2: 20/8, 18h | R$ 20 e R$ 10

Há Violência no Silêncio?

Nirlyn Seijas (Venezuela/Bahia)

Espaço alternativo. Ponto de encontro: Espaço Cultural da Barroquinha

19/8, 22h | R$ 20 e R$ 10

Macaquinhos

Andrez Lean Ghizze, Caio, Daniel Barra, Fernanda Vinhas, Iaci Kupalua, Luiz Gustavo Fernandes Lopes, Rafael Amambahy, Teresa Moura Neves, Yuri Tripodi (São Paulo)

Espaço Cultural da Barroquinha | 20/8, 4h | R$ 20 e R$ 10

Hedonês

Letícia Nabuco e Tatiana Devos Gentile (Minas Gerais/Rio de Janeiro)

Galeria Juarez Paraíso (Espaço Cultural da Barroquinha)

20/8, 8h às 18h (10 sessões, de hora em hora, com exceção das 16h) | Gratuito

Guia Improvável para Corpos Mutantes [Espetáculo Infantil]

Airton Tomazzoni (Rio Grande do Sul)

Teatro Gregório de Mattos | 20/8, 10h | R$ 20 e R$ 10

Lugar de GigAntes

Alessandra Flores (Bahia)

Ruas do Centro

Sessão 1: 20/8, 11h | Sessão 2: 20/8, 19h | Gratuito

 

Mais detalhes sobre os eventos podem ser encontrados em nossas agenda de Musica, Cinema, etc no www.aldeianago.com.br

Compartilhe:

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

O MELHOR DO ALDEIA NAGÔ NO SEU EMAIL

CADASTRE-SE EM NOSSO NEWSLETTER:

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 24.02.2020.400Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 4. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.280Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 3. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.184Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 2. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.096Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 1. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.215Mudança, Magary, Motumbá. C. Grande. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.046Didá & Respeita as Minas. Campo Grande. 24 Fev 2020

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS

GALERIAS DE ARTE

HUMOR

  • Lava Jato_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?